Shop

A ESCRAVIDÃO NO IMPÉRIO DO BRASIL: perspectivas jurídicas

eBook (PDF), 92 Pages
(1 Ratings)
Price: $2.00
Esta obra nada mais é que uma analise da escravidão enquanto fenômeno jurídico vigente durante o Império do Brasil. É manifesto que os aspectos sociológicos e econômicos da escravidão já foram em demasia abordados pela bibliografia nacional, entretanto, por mais estranho que possa parecer, não é usual encontrar obras que venham a trazer análises do ordenamento jurídico brasileiro que amparava tal instituto. É precisamente nisto que esta obra difere de tantas outras, pois se pretende apresentar ao leitor, além dos alicerces jurídicos que sustentavam a escravidão, a sua dinâmica, a fim de ser possível conhecer o seu regime jurídico, bem como analisar a natureza jurídica do escravo, tanto no âmbito civil, quanto no âmbito penal. Portanto, trata-se de um estudo sobre história do direito que almeja adentrar na... More > legislação que regia um odioso instituto jurídico que não mais vigora e na alma de uma sociedade escravista que não mais existe.< Less
Available in PDF Format

Ratings & Reviews

Log in to review this item
Lulu Sales Rank: 256748
There are no reviews for the current version of this product
Refreshing...
There are no reviews for previous versions of this product
Refreshing...

Product Details

Edition
Primeira edição
Published
September 27, 2011
Language
Portuguese
Pages
92
File Format
PDF
File Size
322.17 KB

Formats for this Ebook

PDF
Required Software Any PDF Reader, Apple Preview
Supported Devices Windows PC/PocketPC, Mac OS, Linux OS, Apple iPhone/iPod Touch... (See More)
# of Devices Unlimited
Flowing Text / Pages Pages
Printable? Yes
Report This Content to Lulu >

Moderation of Questionable Content

Thank you for your interest in helping us moderate questionable content on Lulu. If you need assistance with an order or the publishing process, please contact our support team directly.

How does this content violate the Lulu Membership Agreement?

Keywords

Listed In

More From André Emmanuel Batista Barreto Campello