More From António Almas

Flor de Lótus By António Almas
Paperback: $10.11
Prints in 3-5 business days
Que seria da vida se o seu objectivo fosse a morte? Valeria a pena o sofrimento, e a dor? Mas a vida é mais que tudo uma caminhada, uma lição demorada que nos permite evoluir e... More > superar, a cada oportunidade um desafio, a cada desaire uma vontade para se levantar e ser outra vez vivo. O amor é o elo que nos liga de uma vida à outra, uma ponte que se estende para lá da neblina, e a morte é apenas a nossa capacidade de enfrentar essa cortina que separa os mundos. Saltemos ao abismo com a certeza que do outro lado há muito mais a ser vivido.< Less
Quimera By António Almas
Paperback: $10.22
Prints in 3-5 business days
Fruto da fantasia, semente da criação, flor da ilusão, é isto uma quimera? Pedaços duma memória perdida nos meandros do silêncio, terapia de... More > equilíbrio dos pólos inconstantes do corpo e do espírito, é assim que nasce a prosa, numa toada poética que não tem nexo nem história, apenas palavras soltas neste universo utópico onde nada é o que parece e tudo parece o que não pode ser. Trechos de imaginação, relatos do empírico num estado de catarse em que o próprio autor não tem consciência real da palavra, é isto uma alucinação? Seja história ou ficção, desejo ou saudade é assim que nasce esta quimera, feita de letras e tempos de espera.< Less
A traição de Afrodite By António Almas
Paperback: $8.01
Prints in 3-5 business days
Esta pequena história é o reflexo da mundanidade em que vivemos, mas estes tempos não são singulares, pois outras narrativas clássicas referem... More > traições e congeminações entre os deuses e entre os humanos. O texto é um desabafo do que é traído em direcção à sua “deusa” que o atraiu e traiu. As personagens fazem parte do imaginário daquele que conta a história e vestem na perfeição outros protagonistas já narrados em “Metamorfoses” de Ovídio, onde o narrador conta a traição de Afrodite a seu marido Hefesto.< Less
Segundo EU By António Almas
Paperback: $10.19
Prints in 3-5 business days
O que por vezes escondemos de nós próprios é o reflexo daquele que não queremos ver no espelho. É preciso perceber-nos e aceitar-nos ou não seremos capazes... More > de prosseguir. Este relato é uma introspecção a um certo narcisismo que nos habita. É uma viagem ao ego que não nos deve assoberbar, mas apenas manter confiantes que somos capazes. Olhar o nosso reflexo na água não deve apenas servir para nos admirarmos, mas sobretudo para conversarmos connosco mesmos.< Less