Show Bookstore Categories

Condor

ByLuís Homem

É, por vezes, tão grande esta aurora, quando os tímpanos das frutas abertas sussurram a anterioridade do som. E o sol decantado em albergues de pedra, reflectido ainda nuns olhos de paz, se fere e morre em reposteiros de cortiça, em água resinada apenas em horas de vida. É nesta murmuração que me conheço, nestes lábios como folhas de chá em infusão no letífico lago que, dentro do nosso corpo, é sorvido num responso de um livro aberto.

Details

Publication Date
Sep 29, 2011
Language
English
Category
Poetry
Copyright
All Rights Reserved - Standard Copyright License
Contributors
By (author): Luís Homem

Specifications

Format
PDF

Ratings & Reviews